Polícia tenta identificar agressor de homem morto após levar soco na Zona Oeste do Rio

Policiais da 35ª DP (Campo Grande) tentam identificar o agressor de Cristiano Brazil, morto após levar um soco, no último domingo (10), em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. A discussão que terminou em briga aconteceu durante um passeio da vítima com a namorada e amigos na tradicional feira livre do bairro e, depois, em um baile charme próximo do local.

Prisão: Acusado de integrar tráfico na Praça Seca é preso ao dar entrada com nome falso em hospital

Entrevista: ‘Minha primeira reação foi um choque total’, diz delegada que prendeu anestesista na Baixada

Cristiano estava com a namorada e um casal de amigos no baile e discutiu com um homem. Depois, ele, a namorada e os amigos foram embora, mas o homem com quem ele teve o desentendimento foi atrás. Imagens de câmeras de segurança do local, divulgadas pelo RJ1 da TV Globo, mostram quando os dois casais andam pela rua, depois de sair do evento e são abordados pelo homem que vem correndo em direção a eles. Após muita discussão, o homem acerta um soco no rosto de Cristiano que cai no chão, já desacordado. Os amigos tentam socorrer Cristiano enquanto a namorada e outras pessoas que passam afastam o agressor.

A vítima chegou a ser levada hospital Municipal Rocha Faria, em Campo Grade, mas não resistiu. Cristiano Brazil tinha 49 anos e deixou uma filha. Ele foi sepultado na última terça-feira (12) no Cemitério Jardim da Saudade, em Paciência.

De acordo com a Polícia Civil, testemunhas estão sendo ouvidas pelos agentes da 35ª DP (Campo Grande), que também realizam diligências para localizar o agressor e esclarecer a motivação do crime.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos