Polícias Civil e Federal realizam operação no Complexo do Salgueiro nesta quinta-feira

Uma operação no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, na manhã desta quinta-feira, resultou na apreensão de um fuzil AK47, uma pistola Glock, granadas, carregadores e drogas, até o momento. O objetivo é cumprir mandados de busca e apreensão em imóveis utilizados por integrantes de uma organização criminosa de tráfico de drogas.

A ação é realizada pela Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), por meio da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), em conjunto com a Polícia  Federal, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio e Tráfico de Armas (DELEPAT).

O material arrecadado está sendo encaminhado para a sede da Polícia Federal, na Praça Mauá.

 

O traficante Thomas Jayson Vieira Gomes, mais conhecido como 3N, de 26 anos, foi morto durante uma operação policial na manhã de terça-feira, num sítio no bairro Cabuçu, em Itaboraí. O criminoso vinha aterrorizando o Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na tentativa de retomar o controle do tráfico na comunidade após ter mudado de facção, em abril deste ano. No Portal dos Procurados, havia uma recompensa de R$ 20 mil por informações que pudessem levar à captura de 3N — o traficante mais procurado no Estado do Rio de Janeiro, segundo a polícia.

O governador Wilson Witzel (PSC) fez duras críticas ao governo federal de Jair Bolsonaro, no último dia 13, quando lamentou a morte da menina Ketellen, em Realengo. Segundo ele, a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal vêm sendo sucateadas e há necessidade "imediata" de mudança no conceito de Segurança Nacional e do uso das Forças Armadas nas fronteiras, usadas por traficantes de armas.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Extra (21 99644 1263).