Político dos EUA é preso por assassinato de jornalista em Las Vegas

A polícia de Las Vegas, no oeste dos Estados Unidos, informou na quarta-feira que prendeu, pela morte de um jornalista, um homem  que a mídia local apontou como sendo um político cuja gestão o repórter havia denunciado.

Jeff German estava trabalhando em uma série de matérias para o Las Vegas Review-Journal sobre supostas irregularidades do administrador público do condado de Clark, Robert Telles, segundo o jornal.

German, de 69 anos, foi encontrado morto em frente à sua casa no sábado, com a mídia local informando que ele havia sido esfaqueado várias vezes.

"O suspeito do homicídio ocorrido em 2 de setembro de 2022 foi levado sob custódia", informou o Departamento da Polícia Metropolitana de Las Vegas em um breve comunicado.

O Review-Journal identificou o suspeito como sendo Telles, de 45 anos, citando o xerife do condado de Clark, Joe Lombardo.

Os registros da prisão do condado de Clark mostram que Telles estava detido em conexão com uma investigação de assassinato em andamento.

Mais cedo, na quarta-feira, a emissora local KTNV informou que a polícia havia revistado a casa do funcionário público.

O Review-Journal disse que German estava informando sobre a gestão de Telles há vários meses.

Seus artigos relatavam queixas contra Telles por intimidação, favoritismo e outros supostos delitos em um escritório do governo local que administra as propriedades de pessoas que morrem sem deixar testamento.

"Estamos aliviados que Telles está sob custódia e indignados que um colega aparentemente foi morto por reportar sobre um funcionário eleito", declarou o editor executivo do jornal, Glenn Cook.

German havia recentemente apresentado pedidos de acesso a registros públicos de comunicações entre Telles e três outros funcionários do condado, informou o Review-Journal.

Telles deve comparecer ao tribunal na tarde desta quinta-feira, de acordo com documentos da prisão do condado de Clark.

bur-aha/axn/ad/zm/mr