Polónia constrói barreira na fronteira com enclave russo de Kaliningrado

A Polónia iniciou a construção de uma barreira de arame farpado ao longo da fronteira com o enclave russo de Kaliningrado.

O objetivo é impedir a passagem ilegal de imigrantes que, segundo o Governo de Varsóvia, é orquestrada por Moscovo.

O ministro polaco da Defesa, Mariusz Blaszczak, anunciou que decidiram aumentar a segurança na fronteira com o enclave na sequência da organização de ligações aéreas entre o Médio Oriente e África e Kaliningrado.

"Era, na minha profunda convicção, um plano escrito no Kremlin com o objetivo de desestabilizar a Polónia e impedir que a Polónia apoiasse a Ucrânia. Primeiro, eles queriam desestabilizar a Polónia, depois atacaram a Ucrânia. Os soldados polacos têm a experiência adequada. Eles defenderam a fronteira polaco-bielorrussa. Estou convencido de que defenderão, também, a fronteira polaca com a região de Kaliningrado", sublinhou Mariusz Blaszczak.

A cerca, ao longo da fronteira com o enclave, terá três fileiras de arame farpado medindo 2,5 metros de altura e 3 metros de largura e contará com um sistema eletrónico de observação e câmaras.

A Polónia já instalou uma barreira física na fronteira com a Bielorrússia, aliada da Rússia, acusando Minsk de promover a passagem ilegal de migrantes para o território da União Europeia.