Polônia acusa Alemanha de querer construir um "IV Reich"

·1 min de leitura
Jaroslaw Kaczynski durante votação no Parlamento da Polônia em 7 maio de 2020 (AFP/Wojtek Radwanski)

O vice-primeiro-ministro do governo nacionalista polonês, Jaroslaw Kaczynski, acusou a Alemanha de querer transformar a União Europeia (UE) em um "IV Reich" federalista.

"Há países que não estão entusiasmados com a perspectiva de construir um IV Reich alemão sobre a base da UE", declarou ao jornal polonês de extrema-direita GPC o também presidente do Partido Lei e Justiça (PiS).

Para Kaczynski, o termo IV Reich alemão "não tem nada de negativo, não se refere ao III Reich (o regime nazista), e sim ao Sacro Império Romano-Germânico".

Durante a recente visita do novo chanceler alemão, Olaf Scholz, a Polônia, o primeiro-ministro polonês Mateusz Morawiecki apresentou o conceito de "Europa de nações soberanas", defendido por seu governo.

Kaczynski também criticou o Tribunal de Justiça da UE (TJUE), que considera um "instrumento básico" para impor as ideias federalistas.

"Se nós, poloneses concordássemos com esse tipo de submissão moderna, eles nos humilhariam de muitas maneiras", acrescentou.

Influenciado pelo poder do PiS, o Tribunal Constitucional polonês contestou em junho a autoridade do TJUE, e em outubro questionou a primazia do direito europeu sobre o polonês.

sw/dt/tho/grp/zm/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos