Polônia 'quer permanecer na UE'

Um dia após o Tribunal Constitucional polonês decidir que alguns artigos dos tratados europeus são 'incompatíveis' com a Constituição nacional e afetam sua soberania, o primeiro-ministro da Polônia, Mateusz Morawiecki, garantiu nesta sexta-feira que o país 'vai permanecer' no bloco. O episódio gera ainda mais tensão sobre uma possível saída polonesa da União Europeia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos