Polônia relata queda nas tentativas de migração por fronteira com Belarus

·1 min de leitura
Pessoas dormem em sacos de dormir em centro próximo à fronteira entre Polônia e Belarus

VARSÓVIA/BIALYSTOK, Polônia (Reuters) - O número de migrantes que tentam entrar na Polônia vindos de Belarus caiu novamente na sexta-feira, após uma aparente mudança de rumo por parte de Minsk que pode ajudar a acalmar uma crise entre o ocidente e o oriente.

Segundo o Twitter da Guarda de Fronteira polonesa, houve 195 tentativas de cruzar a fronteira na sexta-feira, ante 250 na quinta-feira e 501 no dia anterior, embora Varsóvia tenha alertado que a crise migratória está longe de acabar.

A Europa acusa Belarus de tirar milhares de pessoas do Oriente Médio e forçá-las a cruzar a fronteira para a UE, em conflito com o presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko, desde uma disputada eleição no ano passado.

Belarus, que nega fomentar a crise, esvaziou um acampamento de migrantes perto da fronteira na quinta-feira e começou a repatriar algumas pessoas para o Iraque, mas a Polônia disse na sexta-feira que Minsk ainda estava transportando centenas de migrantes para a fronteira.

(Por Anna Wlodarczak-Semczuk, Sergiy Karazy, Anna Koper, Yara Abi Nader, Fedja Grulovic e Stephan Schepers)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos