Polícia descobre que garota morta após desaparecer tinha uma irmã

Reprodução/TV TEM

O caso da menina Vitória Gabrielly, de 12 anos, morta após ter desaparecido no interior de São Paulo, ganhou mais um capítulo: a Polícia Civil descobriu que a garota tinha uma irmã de 13 anos, filha do pai com outra mulher.

Ex-mulher do pai, a mãe da irmã de Vitória concedeu entrevista à TV Record e afirmou que as garotas não tinham boa relação com a madastra, atual esposa do homem. À TV, a madrastra negou qualquer divergência com as garotas.

O caso ficou conhecido após a menina ter sido vista pela última vez andando de patins nos arredores de casa, em Araçariguama; o pisante foi encontrado junto do corpo de Vitória, em um matagal na Estrada de Aparecidinha, oito dias após desaparecer.

Investigadores levantam a hipótese dela ter sido levada por algum conhecido da família. Logo após o velório, a polícia recolheu os celulares dos pais, familiares e amigos próximos de Vitória para averiguar ameaças recebidas pela mãe por meio de mensagens de texto.