Polícia divulga lista dos mortos no massacre de Suzano

Tiroteio na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, deixou dez mortos na manhã desta quarta-feira. (Foto: Henrique Barreto/Futura Press)
Tiroteio na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, deixou dez mortos na manhã desta quarta-feira. (Foto: Henrique Barreto/Futura Press)

O governo do Estado de São Paulo divulgou os nomes das vítimas fatais do ataque realizado por Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, nesta quarta-feira (13), na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo. As informações são do portal G1.

Confira a lista dos mortos:

  • Caio Oliveira, 15, estudante

  • Claiton Antonio Ribeiro, 17, estudante

  • Douglas Murilo Celestino, 16, estudante

  • Eliana Regina de Oliveira Xavier, 38, inspetora de pátio

  • Jorge Antonio de Moraes, 51, empresário e tio do atirador Guilherme Taucci

  • Kaio Lucas da Costa Limeira, 15, estudante

  • Marilena Ferreira Vieira Umezo, 59, coordenadora pedagógica

  • Samuel Melquíades Silva de Oliveira, 16, estudante

  • Guilherme Taucci Monteiro, 17, assassino

  • Luiz Henrique de Castro, 25, assassino

A lista dos feridos também foi divulgada:

    • Adna Isabella Bezerra de Paula, 16, estudante

    • Anderson Carrilho de Brito, 15, estudante

    • Beatriz Gonçalves Fernandes, 15 , estudante

    • Guilherme Ramos do Amaral, 14, estudante

    • Jenifer Silva Cavalcanti

    • José Vitor Ramos Lemos, estudante

    • Leonardo Martinez Santos

    • Leonardo Vinicius Santa Rosa, 20

    • Leticia de Melo Nunes

    • Murilo Gomes Louro Benite, 15, estudante

    • Samuel Silva Felix

Segundo o secretário de Segurança Pública, João Camilo Pires de Campos, que conduziu a entrevista coletiva com detalhes do massacre, as vítimas tinham entre 15 e 17 anos e eram estudantes do Ensino Médio.

O estudante Douglas Murilo Celestino chegou a ser socorrido, mas morreu dentro da ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) a caminho do hospital.

A vítima identificada como Jorge Antônio Morais é proprietário de uma empresa de lavagem de veículos, de onde os dois atiradores teriam pego um Onyx branco usado para ir até a escola. O empresário é apontado como sendo tio de Guilherme Taucci, parentesco ainda a ser confirmado pela Polícia Civil, segundo o secretário. Antônio Morais foi baleado e chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu.

Leia mais:

De Realengo a Goiânia, relembre outros casos de atiradores em escolas do país

Adolescentes usaram revólver e arma medieval durante ataque em Suzano

Polícia divulga identidade dos atiradores de Suzano

Ao todo, a secretaria de Segurança confirmou 9 pessoas feridas, todas estudantes. Eles foram levados para o Hospital Santa Maria e para a Santa Casa de Suzano.

Os corpos das vítimas ainda não foram retirados do interior da escola. Eles serão encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal) de Suzano e de Mogi das Cruzes.


Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos