Polícia encontra 7º corpo em caso de família assassinada no DF

Outros seis cadáveres foram encontrados carbonizados em caso de família assassinada no DF

Carro carbonizado em que quatro corpos foram encontrados, em Cristalina, Goiás. Outros três corpos de família assassinada no DF foram localizados. (Divulgação/Polícia Militar)
Carro carbonizado em que quatro corpos foram encontrados, em Cristalina, Goiás. Outros três corpos de família assassinada no DF foram localizados. (Divulgação/Polícia Militar)
  • Sétimo corpo ligado à caso de família assassinada no DF foi encontrado;

  • Outros seis cadáveres foram localizados carbonizados na última semana;

  • Polícia trabalha com a possibilidade de que pai e filho sejam mandantes do crime, mas também considera que eles possam ser vítimas.

A Polícia Civil do Distrito Federal encontrou, nesta quarta-feira (18), mais um corpo relacionado ao desaparecimento de oito membros de uma mesma família. Este é o sétimo cadáver relacionado ao caso. Outros seis foram localizados em dois carros carbonizados na última semana.

O caso ganhou repercussão após o desaparecimento da cabeleireira Elizamar Silva, que sumiu junto com os três filhos pequenos no dia 12 de janeiro.

O veículo utilizado por ela foi encontrado completamente incendiado com quatro corpos dentro. Depois disso, um outro automóvel, também pertencente a parentes da empresária, também foi localizado incendiado, com dois corpos.

Três suspeitos de participação no crime estão presos. A teoria seguida pela Polícia era de que eles teriam executado os crimes a mando de Thiago Gabriel Belchior de Oliveira, marido de Elizamar, e Marcos Antônio Lopes de Oliveira, sogro da cabeleireira.

Todavia, os dois também estão desaparecidos e a polícia ainda considera que eles possam estar entre as vítimas.

Tanto os corpos carbonizados quanto o cadáver encontrado na tarde desta quarta ainda não foram identificados formalmente.

Sétima vítima fatal estava em local usado como cativeiro para parte da família.

Ao todo, estão desaparecidos 8 membros da mesma família:

  • Elizamar Silva, de 39 anos;

  • Gabriel, de 7 anos;

  • Rafael e Rafaela, gêmeos de 6 anos;

  • Renata Juliene Belchior, de 52 anos, mãe de Thiago e sogra de Elizamar;

  • Gabriela Belchior Oliveira, de 25 anos, irmã de Thiago;

  • Marcos Antônio, pai de Thiago e um dos supostos mandantes do crime;

  • Thiago, marido de Elizamar e também possível mandante da chacina.

Infográfico criado pelo Yahoo em 18 de janeiro de 2023
Infográfico criado pelo Yahoo em 18 de janeiro de 2023

Relembre o caso

Elizamar desapareceu junto com os três filhos pequenos: Gabriel e os gêmeos Rafael e Rafaela. Ela também é mãe de de um jovem de 24 anos e uma adolescente de 18. Eles avisaram a polícia sobre o sumiço da mãe.

Testemunhas relataram que ela teria discutido com o marido, Thiago, com quem se relacionada há 10 anos, e saído com as crianças.

Na sexta-feira (13), o carro dela foi encontrado carbonizado com quatro corpos no interior do veículo.

Ainda sem confirmação oficial, parentes disseram reconhecer os corpos como pertencentes à cabelereira e aos filhos.

Dois dias depois, no sábado (14), o carro pertencente ao sogro de Elizamar foi encontrado, também incendiado, com dois cadáveres.