Polícia Federal prende homem com drogas no aeroporto de Guarulhos

Investigador usa a mão para mostrar pacote contendo droga ilegal. Foto: Getty Creative
Investigador usa a mão para mostrar pacote contendo droga ilegal. Foto: Getty Creative

A Polícia Federal interceptou um passageiro com drogas no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, na noite desta sexta-feira, 13. O homem tentava embarcar para o continente africano com 25 kg de cocaína. A droga estava dispersa entre 25 camisas sociais na mala do passageiro, que foi preso. Ele irá responder por tráfico internacional de drogas.

A apreensão ocorreu quando Policiais Federais fiscalizavam de forma indireta as malas despachadas com destino a Doha, no Catar. Os agentes desconfiaram da bagagem quando ela passou pelo sistema de raio-x. A imagem mostrava pedaços de material orgânico distribuídos pela mala.

O suspeito foi então localizado e, após reconhecer sua bagagem, foi conduzido à PF, onde na presença de testemunhas, passou por revista.

O homem nascido na Guiné Bissau, país na costa atlântica ocidental da África, entrou no Brasil através da Lei do Refúgio, mas tinha como destino a Tunísia. Ele foi encaminhado à Justiça Federal onde responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas.

A apreensão de drogas no maior aeroporto do país tem crescido neste ano. Segundo a PF, o tráfico internacional tem se aproveitado da retomada das viagens pós fase crítica da pandemia. De janeiro a março deste ano, por exemplo, houve aumento de 54% nas apreensões de drogas, comparado ao mesmo período de 2021.

No primeiro trimestre de 2022, 67 pessoas foram presas no aeroporto tentando viajar com drogas, 13 a mais do que no mesmo período de 2021. A maioria dos suspeitos eram estrangeiros.

Para tentar passar despercebidos, os traficantes escondem a droga das formas mais diferentes possíveis: em fundos falsos, dentro de inhame, diluída em vinhos, engomada para parecer folha de papel, e dentro de peças.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos