Polícia investiga feminicídio dentro de ônibus em Porto Alegre

Reprodução

A polícia investiga o assassinato de uma mulher dentro de um ônibus em Porto Alegre, na tarde da última terça-feira (4). Ariane Arias dos Santos, de 34 anos, foi esfaqueada pelo ex-companheiro, de 35. Ela foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. O homem tentou fugir, mas foi impedido por populares, e acabou preso, em flagrante.

Testemunhas foram ouvidas, e a polícia planeja colher depoimentos dos familiares para saber mais detalhes sobre o relacionamento dos dois.

Após análise das câmeras de segurança do ônibus, a delegada Tatiana Bastos afirmou que é possível concluir que o crime foi premeditado.

O homem atacou Ariana usando uma faca grande, apreendida pela polícia. “Ele desfere várias facadas nela, na cabeça, ombros, costas. Não se sabe quantas. Chegou a fraturar o crânio”, afirmou Tatiana ao G1.

O agressor tem antecedentes por roubo, tentativa de homicídio, ameaça e lesão. Ele é apenado do regime semiaberto com monitoramento, mas havia retirado a tornozeleira

A vítima já havia registrado duas ocorrências contra o homem, por lesão corporal e desobediência de medida protetiva em 2015.