Polícia investiga homem que perseguiu e pediu Malia Obama em casamento

Malia Obama em Nova Iorque no dia 30 de março (REX/Shutterstock)

Um homem está sendo investigado e pode ser preso por perseguir Malia Obama.

A filha mais velha de Barack Obama, ex-presidente dos Estados Unidos, foi perseguida por Jair Nilton Cardoso, de 30 anos, em diversas ocasiões.

Malia, de 18 anos, estava trabalhando como estagiária no bairro de Tribeca, em Nova Iorque, no dia 10 de abril, quando Cardoso apareceu e implorou que ela se casasse com ele.

De acordo com o jornal New York Daily News, o perseguidor estava segurando um cartaz na janela do escritório no quarto andar, antes de fazer seu pedido.

Agentes do Serviço Secreto prontamente detiveram Cardoso, que foi reconhecido pois já havia tentado obter acesso à Casa Branca em outras ocasiões.

Apesar de ter ouvido uma séria advertência, Cardoso foi visto seguindo Malia enquanto ela saía de um edifício no West Village, dois dias depois.

Acredita-se que o homem obcecado pelos Obama estava fingindo ser cego, numa tentativa de se aproximar de Malia, usando óculos escuros e carregando um bastão branco.

Depois de interrogarem Cardoso em seu apartamento no Brooklyn, os agentes concluíram que ele tem problemas psiquiátricos e relataram o incidente à polícia.

Malia está fazendo estágio na The Weinstein Company desde fevereiro, e iniciará seus estudos na Universidade de Harvard no segundo semestre deste ano.

Jane Howdle

Yahoo News UK