Polícia localiza outro corpo no Tietê, e SP já registra 3º caso de mulher afogada na semana

Divulgação/Corpo de Bombeiros de SP

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Corpo de Bombeiros encontrou corpo de mulher que estava desaparecido desde o último dia 21, na capital, após ter caído nas águas do rio Tietê na região de São Miguel Paulista.

  • Em uma semana, a cidade já contabiliza três casos de mulheres mortas em afogamentos.

O Corpo de Bombeiros de São Paulo, após dois dias de buscas, encontrou nesse sábado (23) o corpo que suspeita ser de uma mulher que estava desaparecido desde o último dia 21, na capital, após ter caído nas águas do rio Tietê na região de São Miguel Paulista, zona leste da cidade.

Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, o corpo foi localizado nas águas do parque ecológico do Tietê, perto da rodovia Ayrton Senna, cerca de 14 quilômetros distante do ponto em que vítima havia caído.

Leia também

A Folha destaca que esse já é o terceiro caso de afogamento de mulheres registrado pelos bombeiros, só nessa semana, na capital. O primeiro corpo foi localizado dia 19, na região da Barra Funda (zona oeste). A vítima ainda não foi identificada. O segundo foi encontrado no dia 21, quando acharam o corpo de Ruth Cordeiro de Figueiredo, 36, no rio Pinheiros, na região de mesmo nome.

Segundo o porta-voz dos Bombeiros, major Marcos Palumbo, o caso mais recente se refere a uma moradora de rua, cujo nome ainda não foi divulgado, que teve uma queda acidental quando passava perto do rio próximo à avenida Marechal Tito, na região em São Miguel.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, os dados da mulher ainda não foram fornecidos porque o registro da ocorrência ainda estava em andamento. A família da vítima teria reconhecido o corpo. No entanto, exames devem ser feitos pela polícia para confirmação da identidade.