Polícia prende 2º suspeito de envolvimento em desaparecimento de 8 da mesma família

Dois carros pertencentes a membros da mesma família foram encontrados carbonizados com 6 corpos dentro; 8 pessoas estão desaparecidas

Carro carbonizado onde quatro corpos foram encontrados, em Cristalina, Goiás. Oito pessoas da mesma família estão desaparecidas, incluindo três crianças pequenas. (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Carro carbonizado onde quatro corpos foram encontrados, em Cristalina, Goiás. Oito pessoas da mesma família estão desaparecidas, incluindo três crianças pequenas. (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
  • Oito pessoas da mesma família desapareceram entre quinta-feira (12) e o sábado (14);

  • Primeiro suspeito preso foi encontrado com as mãos queimadas; Veículos da família foram incendiados com pessoas dentro;

  • Seis corpos encontrados nos veículos ainda aguardam confirmação de identidade. Homens detidos trabalhavam para uma das possíveis vítimas.

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu, na tarde nesta terça-feira (17), um segundo suspeito de ter participação no desaparecimento de oito pessoas da mesma família. Desde o sumiço, dois carros carbonizados com seis corpos dentro foram encontrados na região.

Pela manhã, a polícia prendeu Gideon Batista de Menezes, 55 anos, que estava com as mãos queimadas. Mais tarde, foi preso Horácio Carlos Ferreira Barbosa, 49 anos.

Ambos trabalhavam em uma fazenda de Marcos Lopes, sogro de Elizamar Silva, cabeleireira de 39 anos que desapareceu junto com três filhos pequenos, na quinta.

Na sexta (13), os policiais localizaram um Renault Clio carbonizado em uma rodovia na região de Cristalina, a 20 quilômetros da divisa do estado com o Distrito Federal. No carro foram encontrados os corpos de uma mulher e de três crianças.

No dia seguinte, a polícia foi acionada novamente para averiguar um segundo carro carbonizado, desta vez deixado às margens de uma estrada próxima a Unaí (MG), cidade que também faz parte do entorno do DF. Dois corpos de adultos estavam dentro de um Fiat Siena.

A polícia afirmou que as características dos carros carbonizados, incluindo as placas, batem com as dos carros vinculados a duas das oito pessoas desaparecidas.

Entenda o caso do desaparecimento de 8 pessoas da mesma família

Na quinta-feira (12), Elizamar Silva desapareceu com os três filhos: Gabriel, de 7 anos, e Rafael e Rafaela, de 6 anos.

A moradora de Santa Maria (DF) vivia com o marido Thiago Gabriel Belchior de Oliveira, de 30 anos. Além dos três menores, ela é mãe de um jovem de 24 anos e uma adolescente de 18. Os dois foram os responsáveis por denunciar o sumiço de Elizamar.

Testemunhas disseram que Thiago e a cabeleireira tinham brigado no dia do sumiço dela, que saiu de casa com a crianças. No dia seguinte, o veículo utilizado por ela foi encontrado carbonizado, com quatro corpos dentro.

Depois disso, o marido de Elizamar também sumiu, assim como o pai, a mãe e a irmã dele.

No sábado (14), o carro do sogro da cabeleireira — pai de Thiago — também foi encontrado incendiado, com dois corpos no interior do veículo.

À frente das investigações, o delegado Cássius Zamó, que atua no município de Cristalina (GO), disse que aguarda o resultado de laudos periciais para confirmar a identidade dos mortos.

Parentes das pessoas desaparecidas estiveram no Instituto de Medicina Legal e foi coletado material para a realização de exames de DNA, necessários para a identificação dos corpos uma vez que o reconhecimento pelas impressões digitais não foi possível.

Sem detalhar linhas de investigação, Zamó afirmou que são "fortes" os indícios de que as mortes estejam relacionadas ao sumiço dos oitos familiares que moram no DF.

Quem são as oito pessoas da mesma família desaparecidas:

  1. Elizamar Silva, de 39 anos;

  2. Gabriel, de 7 anos, filho de Elizamar;

  3. Rafael, de 6 anos, filho de Elizamar;

  4. Rafaela, de 7 anos, filha de Elizamar;

  5. Thiago Gabriel Belchior de Oliveira, marido de Elizamar;

  6. Marcos Antônio Lopes de Oliveira, de 54 anos, pai de Thiago;

  7. Renata Juliene Belchior, de 52 anos, mãe de Thiago;

  8. Gabriela Belchior de Oliveira, de 25 anos, irmã de Thiago.