Polícia prende homem suspeito de manter a esposa cega em cárcere privado

A vítima relata que o homem a deixava trancada em casa enquanto ia trabalhar (Foto: Reprodução/RPC)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Mulher diz que o marido a mantinha trancada em casa desde que ela teve um AVC e ficou cega

  • O homem saía para trabalhar de manhã e deixava a chave com a irmã

A Guarda Municipal de Ponta Grossa, no Paraná, resgatou nesta terça-feira (1) uma mulher cega de 27 anos que era mantida em cárcere privado. A vítima diz que o marido, de 42 anos, a mantinha trancada em casa desde que ela perdeu a visão, em decorrência de um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Quem abriu a casa para que os agentes da Guarda Municipal entrassem foi a irmã do marido, que sabia da situação da mulher e ficava com a chave enquanto ele ia trabalhar. As informações são do portal G1.

De acordo com a polícia, as janelas estavam todas fechadas e a porta foi trancada com uma corrente. A vítima, que tem três filhos, conta que o homem saía de manhã e voltava só à noite – nesse meio tempo, ela ficava sem comida e sem acesso ao banheiro.

“No começo ele sempre deixava bolachinha salgada, bolachinha doce. Agora não. Ele me deixava trancada lá dentro e entregava a chave para a irmã dele. Eu reclamava muito, porque não achava certo. Sempre falei, sempre chorei, sempre queixei, mas ninguém deu bola.”

Leia também

Testemunhas denunciaram a situação para a polícia, que conseguiu prender o suspeito em flagrante. Ele vai responder por cárcere privado e maus-tratos, crimes que podem levar até oito anos de prisão.

Uma das filhas da vítima é menor de idade, e será encaminhada para uma casa de acolhimento para receber educação formal e também ter apoio psicológico e assistência social.