Polícia prende menino de 12 anos que dirigiu 1.300 Km na Austrália

A polícia acabou com a viagem de um menino de 12 anos que conseguiu dirigir impressionantes 1.300 quilômetros, cruzando a Austrália sozinho.

Ele havia saído de sua casa, em Kendall, na costa leste do país, e foi parado pela polícia rodoviária no sábado na Barrier Highway (acima) perto da remota cidade mineradora de Broken Hill.

A polícia disse que ele só foi parado – após completar quase um terço de seu trajeto pelo país – porque o para-choque do veículo estava arrastando no chão.

A jornada do menino demoraria cerca de 40 horas, sem contar eventuais paradas (Google)

O menino estava tentando chegar à cidade de Perth, a mais de 4 mil Km de distância de Kendall, na costa oeste da Austrália.

Sem contar eventuais paradas, a jornada teria demorado cerca de 40 horas.

O menino conseguiu evitar ser parado por todo este tempo, pois supostamente parecia mais velho do que realmente é. O gerente de um posto de gasolina na cidade de Cobar afirmou que ele parecia ter “19 ou 20 anos”.

O inspetor detetive Kim Fehon disse: “Seus pais ligaram para a polícia e alertaram a respeito do desaparecimento assim que ele saiu de casa, então ele estava sendo procurado”.

A polícia não disse por que ele queria dirigir até Perth, mas um porta-voz da NSW Police disse à BBC que ele pode ser julgado pelo que fez com base no Young Offenders Act, sistema especial de leis, aplicáveis a menores de idade que cometem crimes no país.

Os pais do menino foram buscá-lo no domingo.

Imagem principal: Flickr/stock photo

Andy Wells
Yahoo News UK