Polícia prende segundo suspeito de matar homem que convidou mulheres para ménage

Jovem que ficou gravemente ferido ao ser agredido na frente de casa noturna morre em Avaré — Foto: Facebook/ Reprodução
Rodolfo Miranda chegou a passar por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos. Polícia procura por mais suspeitos. (Foto: Facebook/ Reprodução)

A polícia prendeu o segundo suspeito pela morte de um rapaz de 30 anos durante uma briga na frente de uma casa noturna de Avaré (SP). O rapaz de 27 anos foi encontrado na sexta-feira (8) mas a informação só foi confirmada na noite deste sábado (9).

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi localizado na rua Felix Fagundes e levado para a delegacia. Horas antes, o primeiro investigado com prisão temporária havia sido preso pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

O rapaz foi interrogado e acabou confessando que espancou Rodolfo Miranda. Ele foi levado para uma prisão em Piraju (SP), a 67 km de distância de onde o crime ocorreu.

A polícia segue investigando o caso e quer encontrar outras pessoas que possam estar envolvidas na briga generalizada.

Agressão

De acordo com o boletim de ocorrência, duas mulheres estavam na boate, na noite de domingo (4), quando foram abordadas pelo rapaz que lhes fez um convite para terem relação sexual a três.

Logo depois, os três passaram a discutir do lado de fora da casa noturna quando outras pessoas se envolveram e agrediram Rodolfo. O padrasto da vítima tentou socorrê-lo mas acabou levando socos e chutes.

O rapaz foi levado para a Santa Casa de Avaré e passou por cirurgias e ficou três dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de quinta-feira (7). De acordo com o G1, a vítima sofreu traumatismo craniano durante a pancadaria. Amigos e parentes d

Os amigos do rapaz lamentaram a morte

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos