Polícia prende suspeito de estuprar criança de 10 anos em shopping de Natal (RN)

Polícia Civil prende suspeito de estuprar criança em banheiro de shopping de Natal (RN). (Foto: Polícia Civil)
Polícia Civil prende suspeito de estuprar criança em banheiro de shopping de Natal (RN). (Foto: Polícia Civil)

Um homem de 42, suspeito de estuprar um menino de 10 anos no banheiro de um shopping de Natal, foi preso pela Polícia Civil na noite de sexta-feira (29), em Natal (RN)

O crime ocorreu no dia 9 de julho, um sábado, por volta das 18h30. O criminoso entrou em um banheiro do local e forçou a criança a praticar atos sexuais com ele.

Na quinta-feira (28), a Polícia Civil divulgou imagens de câmeras de segurança que mostravam o suspeito entrando no banheiro. Ele permaneceu 32 minutos lá dentro e saiu vestindo outra camiseta.

A criança adentrou o local depois do criminoso e permaneceu lá dentro por 15 minutos. Quando saiu, a vítima aparentava estar nervosa. A polícia afirmou que o pai da criança estava aguardando por ela na praça de alimentação.

Depois da divulgação, a polícia recebeu várias denúncias, inclusive com fotos, sobre a identidade do suspeito. Com isso, a identificação ocorreu em menos de 24 horas e os investigados pediram a prisão preventiva do suspeito.

Com o mandado judicial, os policiais localizaram o homem entrando em um banco e deram voz de prisão.

A operação foi coordenada pela Delegacia Especializada na Proteção da Criança e do Adolescente de Natal (DPCA), com apoio da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) da Zona Sul da capital potiguar.

De acordo com a delegada Igara Rocha, da DPCA, o suspeito já era investigado por crime de estupro de vulnerável, um de 2012 e outro de 2017. O homem chegou a ser detido nas duas situações, mas acabou sendo liberado.

Cresce número de vítimas

O número de vítimas de importunação sexual cresceu neste ano no Rio Grande do Norte. De acordo como dados da Polícia Civil, os casos no estado praticamente dobraram no comparativo com o mesmo período do ano passado. Foram 176 casos de importunação sexual de janeiro a junho deste ano contra 89 no mesmo período de 2021 , um aumento de 97,8%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos