Polícia recebe ligação de mulher que reclamava do preço de droga

Pixabay
Pixabay

Uma mulher ligou para polícia para reclamar do preço de um produto e acabou presa na Austrália. O problema nem foi o ato de ligar em si, mas o serviço que ela questionava: o valor da maconha.

Na cabeça da usuária, ela tinha todo o direito de reinvidicar a presença de autoridades, afinal o aumento seria extremamente abusivo. A questão é que a substância ilegal e, portanto, proibida.

A história é tão absurda que o próprio departamento de polícia dos Territórios do Norte do país divulgou o caso no Facebook. “Ofendida, a rmulher exigia que a polícia averiguasse a alta da maconha em sua região. Quando perguntamos mais detalhes, a mulher desligou o telefone”, diz a postagem.

De acordo com os policiais, ligações assim não são comuns, mas mesmo assim eles deixaram claro que “ajudariam” outras pessoas que estivessem passando pela mesma situação.

“Se você conhece um traficante que está te enganando, nos ligue. Adoraríamos ajudar”, completou a corporação na rede social.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos