Policiais algemam youtuber negro durante abordagem truculenta em GO

·1 minuto de leitura
O youtuber Filipe Ferreira é algemado sem motivo por policiais em Cidade Ocidental, município de Goiás
O youtuber Filipe Ferreira é algemado sem motivo por policiais em Cidade Ocidental, município de Goiás
  • Uma abordagem policial em Goiás causou revolta na internet

  • Agentes com arma em punho algemaram o youtuber Filipe Ferreira enquanto ele produzia conteúdo para seu canal

  • Nas redes sociais, a ação policial foi classificada como racista, porque Filipe é negro

O youtuber Filipe Ferreira produzia mais um conteúdo para seu canal no YouTube sobre manobras radicais de bicicleta quando foi abordado por uma viatura policial em um parque de Cidade Ocidental, município de Goiás. A ação truculenta foi publicada no Twitter e causou revolta por uma situação clara de racismo. Filipe é negro.

Dois agentes de segurança, um deles com arma em punho, mandaram Filipe se posicionar para ser revistado. O youtuber questionou a ação contra ele, já que não era suspeito de nenhum crime, porém não pôde fazer nada com um revólver apontado em sua direção e chegou a ser algemado.

Leia também

O vídeo foi postado por Gabriel Eduardo, secretário de Juventude do PT em Goiás. Influenciadores como Felipe Neto compartilharam o material, que até este sábado (29) acumula quase 4 milhões de visualizações.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), foi cobrado em suas redes sociais por um posicionamento sobre a abordagem truculenta. Ele não se manifestou até a conclusão deste texto.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.