Policiais são presos por suspeita de extorsão no Rio

Cinco policiais civis, entre eles um delegado, foram presos neste sábado, suspeitos de extorsão mediante sequestro do contador Odilon Soares Motta, em 2010. Um ano depois, a vítima foi assassinada - a morte ainda está sendo investigada. Segundo a Polícia Civil, os presos estavam afastados de suas atividades desde o ano passado.

Os mandados de prisão, expedidos pela 1ª Vara Criminal de Rio das Ostras, na Região dos Lagos, foram cumpridos por agentes da Corregedoria Interna da Polícia Civil. Foram presos o delegado Túlio Antonio Pelosi e os inspetores Marco Antônio Ribeiro de Carvalho, Ricardo Luiz Fernandes e Silva, Alex Martins de Oliveira e Paulo Cesar Barros.

Também denunciado pelo Ministério Público pelo crime de extorsão, o policial Hélio José Ribeiro Rodrigues está foragido.

Segundo a denúncia, os agentes descobriram que o contador teria participação em um esquema milionário de fraudes no recolhimento do ICMS e o sequestraram. Eles prepararam uma espécie de dossiê com informações do suposto desvio de verbas para ameaçar a vítima. Na época, todos os policiais trabalhavam na Delegacia de Capturas e Polícia Interestadual (DC-Polinter).

Carregando...

YAHOO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

Siga o Yahoo Notícias