Policial é acusado de atirar em cachorro na frente de crianças

Policial matou cachorro na frente de crianças (Getty Images)
Policial matou cachorro na frente de crianças (Getty Images)

Um policial à paisana foi acusado de atirar em um cachorro, da raça rottweiler, em Vilhena (RO), no último fim de semana. O animal, chamado Valente, foi baleado na cabeça, mas não corre risco de morte. Segundo a sua dona, o disparo teria sido feito na frente de crianças, incluindo seu bebê de colo de apenas três meses.

Ao g1, a dona do animal disse que andava pelo bairro com o cachorro, sem uma guia, quando o PM, que não teve a identidade revelada, efetuou o disparo. Segundo o jornal, a bala atravessou o crânio do cão.

Um boletim de ocorrência foi registrado após o episódio. Segundo o documento, Valente teria ido na direção do policial, que naquele momento também estava andando com seu cachorro, da raça pastor alemão.

Segundo o relato da dona de Valente, o policial gritou com ela e a chamou de "doida" por deixar o cachorro sem a guia. Na sequência, segundo ela, o policial teria chutado o rottweiler.

O cachorro, então, foi para cima do homem. Apesar de ela ter repreendido o animal, e o chamado para perto dela, o policial continuou gritando, segundo relatou, e atirou na cabeça do animal com uma arma de fogo.

Segundo testemunhas ouvidas pelo g1, havia várias crianças no local do disparo. Além disso, a dona do rottweiler estava com o filho, um bebê, no colo.

"Vou passa por uma psicóloga, pois estava com minha bebê de um mês no colo, próxima do policial, isso em tempo deixar ela surda ou ainda acertar a bala em uma das crianças que estavam na rua", comentou ao g1.

O que diz a PM?

Ao jornal, a PM afirmou que o registro seguiu com omissão de cautela na guarda ou condução de animais e foi encaminhado à delegacia da Polícia Civil.

Sobre o disparo da arma de fogo, foi dito que se trata de estado de necessidade, pois "ele foi obrigado a tomar essa medida".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos