Policial é presa por matar a tiros atual namorada da ex, que ficou gravemente ferida

·1 min de leitura
Yvonne atacou a ex e a nova namorada dela - Foto: Reprodução
Yvonne atacou a ex e a nova namorada dela - Foto: Reprodução
  • Yvonne Wu atirou contra a ex e a atual namorada dela

  • Jamie Liang morreu, enquanto Jenny Li está gravemente ferida

  • A policial admitiu autoria do crime e será acusada de assassinato 

Uma policial foi presa na última quarta-feira, em Nova York, após abrir fogo contra duas mulheres. Ela matou a atual namorada de sua ex, que ficou ferida no ataque.

A agente foi identificada como Yvonne Wu, de 31 anos, que atua no Departamento de Polícia de Nova York há cinco. Ela confessou o crime e será acusada de assassinato.

Leia também:

De acordo com informações da polícia, o crime aconteceu na casa da ex-namorada de Wu, a qual a agente seguia visitando apesar do término do namoro de dois anos há cerca de um mês.

Relatos apontam que Wu não havia aceitado bem a separação e, por isso, teria aproveitado seu dia de folga para conversar com a ex, identificada como Jenny Li.

Jamie Liang não resistiu ao tiro - Foto: Reprodução/GoFundMe
Jamie Liang não resistiu ao tiro - Foto: Reprodução/GoFundMe

A policial foi à residência da jovem de 23 anos e ficou esperando por ela, que não estava no local.

Por volta das 17 horas, porém, Li apareceu acompanhada de uma outra mulher, identificada como Jamie Liang, de 24 anos.

Pouco depois, Wu deu dois tiros na direção do casal. Liang foi encontrada morta na sala, enquanto Li estava ferida no quarto.

Policial admitiu o crime

A polícia chegou rapidamente ao local do crime, onde Wu imediatamente confessou ser a autora do ataque e entregou a arma utilizada. Ela foi presa em flagrante.

Li foi encaminhada a um hospital. De acordo com os agentes, seu quadro é grave, mas estável.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos