Policial israelense é afastado por agredir palestino

Soldados israelenses patrulham cidade de Qalqilyah, na Cisjordânia

Um policial israelense foi filmado nesta quinta-feira (23) quando agredia violentamente um motorista palestino em um bairro ao leste de Jerusalém, área ocupada e anexada, e foi destituído de suas funções, de acordo com fontes policiais.

No vídeo, que foi divulgado pela rádio pública e muito visualizado nas redes sociais, é possível cer o policial armado atacar o motorista com cassetete e, na sequência cabeceá-lo, socá-lo no rosto e bater em suas pernas.

O motorista palestino tentou proteger-se dos golpes. Outros palestinos se aproximaram e tentaram entrar em acordo com o policial, que também os agrediu.

Conforme informações do palestino que filmou o ocorrido e imediatamente entregou a gravação a um jornalista da Rádio Pública, a briga teve início na manhã desta quinta-feira em um estacionamento próximo ao Ministério do Interior israelense, em um bairro de Wadi Joz, segundo a imprensa.

Tomando como base testemunhas, a polícia afirmou que o palestino provocou danos ao veículo do policial com seu caminhão.

A polícia condenou o comportamento de seu funcionário e apresentou em um comunicado que ele foi "imediatamente afastado de suas funções".

O vídeo será analisado na unidade policial encarregada das investigações internas, informa o comunicado.

O ministro de Segurança Pública Gilad Ergan também condenou o ato em sua conta do Twitter, qualificando de "extrema gravidade e vergonhoso" o comportamento do policial.

"Esse tipo de comportamento causa danos às forças policiais e a suspensão imediata do agente era apropriada", escreveu.