Policial militar é preso no Complexo da Maré com 14kg de crack e uma pistola

Rafael Soares
·1 minuto de leitura

RIO — Um policial militar foi preso no início da madrugada deste domingo, na Vila do João, no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, com quase 15kg de crack e uma pistola glock pertencente à PMERJ. Segundo informações da PM, agentes que patrulhavam a área pararam um veículo na saída da comunidade por volta da meia-noite. Diante da abordagem, o motorista do carro se identificou como policial do Batalhão de Choque e alegou estar perdido na favela. Visivelmente nervoso, o PM foi questionado pelos agentes em serviço se carregava algum tipo de droga no veículo, o que foi negado. Ele também negou que estava armado.

Os agentes também interrogaram o carona, que afirmou não saber o que faziam na comunidade. Diante das explicações conflitantes, os policiais realizaram uma revista no veículo e encontraram 15 tabletes de crack, que ao todo pesavam de 14,800kg, e uma pistola pertencente à PMERJ com três carregadores. Após a localização do material, o policial militar e seu acompanhante foram presos. O caso foi encaminhado para a 21ºDP (Bonsucesso) e está em investigação. Os presos irão responder pelo crime de tráfico ilícito de drogas.