Policial passa mal duas vezes em formação de Cabos da PM e é internado

Um policial militar passou mal duas vezes enquanto fazia uma atividade do Curso de Formação de Cabos (CFC), nesta quarta-feira, e precisou ser internado no Hospital Central da corporação. O caso aconteceu no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP). Segundo a PM, o agente foi socorrido de imediato e permanece internado sob observação médica.

Gabriel Monteiro: Mesmo preso, ex-vereador poderá manter influência política

Caso Flordelis: Nora da pastora diz que Anderson descobriu plano para envenená-lo em cena digna dos 'Trapalhões'

O Globo recebeu informações de que o aluno pode ter passado mal por conta de uma atividade física muito intensa que ocorre periodicamente e é passada para os cursistas.

De acordo com o comando do centro de formação, o policial passou mal pela primeira vez na parte da manhã, ainda quando a turma fazia a formação no pátio da unidade para iniciar as atividades. Após relatar que não estaria bem, o aluno do CFC foi levado ao Hospital Municipal Albert Schweitzer, onde foi atendido e liberado.

Covid-19: Universidades do Rio voltam a recomendar o uso de máscaras de proteção em suas dependências

Ao retornar às atividades no CFAP, o agente novamente sentiu- se mal e foi levado para o Hospital Central da Polícia Militar, onde foi socorrido e permanece internado sob observação médica.

Este não é o primeiro caso de agentes ou concursistas que passam mal durante uma prova ou atividade das polícias do Rio. No dia 23 de julho, Fábio Henrique Silva, de 41 anos, morreu durante uma prova física do concurso para inspetor da Polícia Civil.

Silva chegou a ser levado para o Hospital Ronaldo Gazolla, em Acari, na Zona Norte, mas não resistiu. A prova aconteceu no Centro de Treinamento de Deodoro, na Zona Oeste.