Políticos e autoridades lamentam a morte da jornalista Cristiana Lôbo

·3 min de leitura
A jornalista Cristiana Lôbo (Foto: reprodução/ GloboNews)
A jornalista Cristiana Lôbo (Foto: reprodução/ GloboNews)
  • Políticos e autoridades do país lamentaram a morte da jornalista Cristiana Lôbo

  • O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou que o " jornalismo e a política estão de luto"

  • O presidente da Câmara, Arthur Lira, disse que a jornalista "via a notícia antes mesmo dela existir"

Políticos e autoridades do país lamentaram a morte da jornalista Cristiana Lôbo nesta quinta-feira (11).

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou que o " jornalismo e a política estão de luto". "É com tristeza que recebi a notícia, na manhã desta quinta-feira (11), do falecimento da jornalista Cristiana Lôbo, que lutava contra um câncer. Cristiana era substancial na cobertura do Congresso Nacional, tinha acesso aos principais acontecimentos e fatos, fruto do seu trabalho realizado com muito profissionalismo em defesa da democracia e da liberdade de expressão. O jornalismo e a política estão de luto. Meus sentimentos à sua família, aos amigos, aos colegas jornalistas e admiradores".

Pelas redes sociais, o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), disse que a jornalista "via a notícia antes mesmo dela existir". "Você é uma profissional que todos nós gostávamos de conversar. Que ouvia, ouvia e ouvia. Mas falava, falava e falava. Analisava tudo em um único café. Antecedia os fatos, antecedia as crises. Via a notícia antes mesmo dela existir. Não quero hoje fazer uma nota formal. Apenas expressar todo meu respeito e admiração".

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, também se manifestou. "Em nome do Banco Central, o presidente Roberto Campos Neto manifesta profundo pesar com a morte da jornalista Cristiana Lôbo. Profissional respeitada e de longa trajetória na imprensa brasileira, Cristiana Lôbo inspirou gerações ao informar seus leitores e telespectadores com seriedade e competência sobre a política e a economia do País. O presidente transmite suas condolências e se solidariza com familiares e amigos neste momento de dor".

Pelas redes sociais, o presidente nacional do MDB, deputado Baleia Rossi (MDB-SP), destacou que "o Brasil perdeu hoje um dos grandes nomes do jornalismo". "O Brasil perdeu hoje um dos grandes nomes do jornalismo: Cristiana Lôbo. Em todas conversas que tive com ela, sempre foi assertiva e sempre acreditou na força da democracia para mudar a vida das pessoas. Queria mandar meu abraço aos familiares, amigos e colegas de Redação 🙏".

Também pelo Twitter, o líder da minoria no Senado, Jean Paul Prates (PT-RN), também se pronunciou. "Lamentável a perda da jornalista Cristiana Lôbo. Ela sempre foi uma profissional das mais dedicadas na batalha pela notícia no meio político em Brasília. Minhas condolências aos amigos, colegas e familiares".

O líder do Solidariedade na Câmara, deputado Lucas Vergílio (Solidariedade-GO), divulgou uma nota oficial. "Hoje, mais uma goiana de grande relevância nacional nos deixou: Cristiana Lôbo, jornalista, colunista e apresentadora que nasceu e começou a carreira em Goiás. Minha conterrânea trabalhava de olho na política, cumprindo a verdadeira função do jornalismo: mostrar a realidade dos fatos à população. Muito respeitada entre os pares, ela deixa uma história profissional de sucesso e muitos ensinamentos. Em nome de minha família e da bancada do Solidariedade, manifesto sentimentos aos familiares, amigos e colegas de trabalho de Cristiana".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos