Polo turístico em Barra do Piraí, no Vale do Café, terá atrações de realidade virtual dentro de um boeing

Um avião do metaverso que leva “passageiros” a uma realidade virtual está prestes a viajar no tempo, em Barra do Piraí, na Região do Médio Paraíba. Meio de transporte de outra época, uma maria-fumaça fará o passeio pela vila de casarões históricos do século XIX que é uma das atrações da cidade do Vale do Café. Para mudar radicalmente o clima, a opção é tomar um drinque num velho vagão de trem, com temperatura ambiente a 20 graus negativos. Essas experiências farão parte do polo turístico, gastronômico e cultural que tem previsão de ser inaugurado pela prefeitura em agosto.

Carnaval 2023: Ainda há ingressos para arquibancada e cadeiras nos desfiles do grupo especial

Volta dos ensaios: Metrô anuncia horário estendido para atender público dos ensaios técnicos no Sambódromo

O empreendimento foi licitado pelo município. Segundo Mário Esteves (PROS), prefeito de Barra do Piraí, todo o projeto vai custar R$ 10 milhões aos cofres públicos. A verba sairá do caixa municipal e de repasses estaduais e federais. A proposta é conceder a administração do parque para a iniciativa privada. Quem vencer esse novo processo licitatório terá de obedecer a algumas regras como o preço pré-fixado dos ingressos.

Aeronave e vagão doados

Com 52 metros de comprimento, o boeing 727-200 já “pousou” na área de aproximadamente cem mil metros quadrados no distrito de Ipiabas, atraindo a atenção dos moradores. A aeronave, doada para a prefeitura por uma empresa que deixou de operar, estava no aeroporto do Galeão e foi levada desmontada em caminhões para Barra do Piraí, em agosto. Transformar a carcaça do avião numa atração turística vai custar R$ 1,5 milhão.

Rio 50 graus: cidade registra maior sensação térmica do verão

Equipamentos de realidade virtual serão instalados no boeing. Óculos especiais vão mergulhar o público nas aventuras da atração, que promete ressaltar a importância da região, enquanto 20 assentos terão sensores que vão se movimentar de acordo com as imagens transmitidas. No ambiente haverá variações de temperatura, de iluminação e sprays de água, neblina e fumaça. O lado de fora do avião já foi pintado com grafites que fazem referência a símbolos de Barra do Piraí. Um dos desenhos, na altura do bico, por exemplo, é a imagem de uma ave que lembra a Pedra do Gavião, pico de 96 metros de altura, localizado em Ipiabas, onde são praticados esportes radicais.

Quiz: Que praia do Rio será seu point neste verão?

O vagão do luxuoso Trem de Prata, que fez a ligação entre Rio e São Paulo de 1994 até 1998, também já está em Ipiabas: será transformado em um bar de gelo — a pintura vai dar a impressão de que a composição está coberta por um iceberg. O público terá que usar uma roupa especial para entrar no bar. Segundo o prefeito, o vagão foi um presente dado ao município pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Antes, estava sob os cuidados da ONG Amigos do Trem, em Juiz de Fora, que ajudou a intermediar a doação.

Poluição: Mais de três toneladas de peixes são removidas de lagoa na Barra da Tijuca

O complexo de diversão terá ainda um restaurante, uma estação cultural (para apresentações de artistas) e dois calhambeques elétricos comprados na Europa para passeios pela cidade. Outra atração virtual será a casa dos sonhos, na qual serão projetadas imagens inspiradas no Vale do Café.

Ousadia: Golpistas presos no Rio salvaram o contato de alvo da quadrilha como 'próxima vítima'

O projeto divide opiniões na cidade de pouco mais de cem mil habitantes. Para o aposentado Luiz Paulo da Rocha, de 69 anos, a iniciativa vai levar mais visitantes à cidade.

— Teremos mais movimento e dinheiro circulando — disse.

Outros reclamam da demolição de uma quadra de esportes coberta que cedeu lugar para o avião do metaverso (universo virtual que tenta replicar a realidade por meio de dispositivos digitais). Segundo a prefeitura, uma nova quadra está sendo construída em outro ponto do distrito.

Tortura: 'Eles sentiam prazer enquanto me batiam', diz pintor espancado em bar de São Gonçalo

— Sou moradora de Ipiabas e favorável ao polo de turismo. Só não concordo com algumas escolhas. O avião não tem vínculo cultural com Ipiabas. Além disso, foram derrubadas mais de 30 árvores no entorno da quadra, inclusive ipês. Ninguém queria perder a quadra naquele ponto. A cobertura dela foi feita em 2015 e custou R$ 500 mil — criticou a vereadora Kátia Miki, que faz oposição ao prefeito.

Gratuidade para alunos

Polêmicas à parte, a construção do polo é vista com bons olhos pelo secretário estadual de Turismo, Gustavo Tutuca, que espera o aumento do número de visitantes no Vale do Café:

— Pouca gente percebe que o Vale do Café é a maior região do estado. Vassouras, com suas fazendas históricas, tem se consolidado como um dos principais destinos. Recentemente, Miguel Pereira inaugurou um parque temático, a Terra dos Dinos, e já sente o reflexo no aumento de turistas, o que impacta diretamente a economia local. Em Barra do Piraí não será diferente.

A prefeitura diz que o ingresso para o novo polo não passará de R$ 21 para os turistas. Moradores vão pagar menos (R$ 7), e estudantes de escolas municipais terão acesso gratuito de segunda a quarta-feira, quando o parque ficará fechado ao público em geral.