Pompeo parabeniza Arce pela vitória em processo 'credível' na Bolívia

·1 minuto de leitura
O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo
O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Mike Pompeo, parabenizou nesta quarta-feira (21) Luis Arce pela sua vitória nas eleições da Bolívia no domingo, um processo que descreveu como "credível" após as eleições anuladas de 2019.

Pompeo saudou Arce e o vice-presidente eleito, David Choquehuanca, a quem o povo boliviano "elegeu nas eleições nacionais de 18 de outubro". 

"Reconhecemos o presidente do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE), Salvador Romero, e todas as autoridades eleitorais bolivianas por supervisionar esse processo credível", acrescentou Pompeo em um comunicado.

Essas eleições foram realizadas após a anulação da eleição de 20 de outubro de 2019, depois de uma auditoria da Organização dos Estados Americanos (OEA)  estabelecer uma "manipulação dolosa" a favor do então presidente Evo Morales (2006-2019), que buscava um quarto mandato. 

Morales terminou renunciando em meio aos violentos protestos e pressões do Exército e se refugiou no México e depois na Argentina. 

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos reiterou nesta quarta-feira a mensagem do governo de Donald Trump divulgada na segunda-feira, na qual afirmava que espera trabalhar com o novo governo. 

Segundo a última contagem oficial, Arce, candidato do Movimento ao Socialismo (MAS) somava 54,46% dos votos contra seu rival mais próximo, o ex-presidente centrista Carlos Mesa, com 29,31%, seguido por Luis Fernando Camacho com 14,21%.

an/mls/aa