Por 30 metros, homem escapa de raio que matou mulher e filha

Pixabay

O farmacêutico Akio Oyama, de 47 anos, estava a apenas 30 metros da esposa e da filha quando as duas foram atingidas por um raio enquanto colhiam frutas na cidade de Registro, no interior de São Paulo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas Lucileia Barbosa da Silva, de 40 anos, e Thais Mayme Oyama, de 11, não resistiram e morreram ainda no local.

Leia mais:
Jovem é vítima de arrastão a caminho do aeroporto para fugir da violência no Rio
Emissora divulga estado de saúde de bebê nascido de mulher em com há 14 anos

De acordo com o Grupo de Eletricidade Atmosférica, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), 755 raios caíram na cidade entre naquela ocasião entre as 16h e as 21h de terça-feira (8), dia em que ocorreu o acidente, um número considerado muito alto.

“Meu irmão estava a 30 metros da mulher e da filha. Elas estavam colhendo lichia quando teve o estrondo e o raio caiu, logo em seguida. Ele virou e olhou para as duas ainda caindo no chão. Se ele estivesse junto, certamente também seria atingido. Ele está em estado de choque”, disse ao G1 o fazendeiro Roberto Oyama, de 44, que mora no local.

Apesar de morarem em Curitiba, os corpos de Lucileia e Thais foram sepultados em Registro, cidade onde outros parentes residem. A família passava férias na propriedade de Roberto.