Por causa do novo coronavírus, Dom Orani anuncia que celebrações da Páscoa serão on-line

Ludmilla de Lima
Dom Orani Tempesta, arcebispo do Rio, diz que católicos celebrarão a Páscoa em casa. Foto: Roberto Moreyra / Agência O Globo

RIO - O cardel Dom Orani Tempesta, arcebispo do Rio, anunciou que as celebrações da Semana Santa ocorrerão nas igrejas, mas sem a presença dos fiéis. Ele pediu às paróquias que transmita pela internet as solenidades. Este ano, por causa da Covid-19, não haverá procissão nem ritual do Lava-pés.

— Durante a Páscoa temos várias celebrações. O Domingo de Ramos, a Quinta-Feira Santa com o Lava-pés, a Sexta-Feira Santa com o Beijo da Cruz, o Sábado Santo com a Vigília Pascal, e temos as Missas do Crisma e a grande celebração da Páscoa (no domingo). Elas serão realizadas em todas as nossas igrejas, porém sem a presença do povo. O povo estará em suas casas assistindo pelos meios de comunicação e mídias digitais. As paróquias estão tendo essa oportunidade de transmitir as celebrações para o seu povo — afirmou Dom Orani que, no último dia 20, acatou a recomendação do Ministério Público estadual e determinou que as igrejas façam as celebrações sem a presença dos fiéis.

Ele, no entanto, ressalta a importância de celebrar a Semana Santa, mesmo que "virtualmente nas nossas casas, nas nossas igrejas domésticas", dizendo que no ano que vem os católicos participarão das solenidades dentro das igrejas com mais fervor e ânimo.

— Sempre é importante celebrarmos o mistério central da nossa fé e a certeza da vida que vence a morte. Por isso a todos que me ouvem, me escutam, me leem, desejo uma santa e feliz Páscoa. Sabendo que no meio do medo, no meio das ameaças, no meio da doença que está ao redor nós temos que solicitar Jesus Cristo presente no meio de nós ressuscitado e vivo e esperança e vida para todos - declarou o arcebispo, comparando a situação atual ao povo de Israel no exílio.