Por cinema na Rocinha, Dona Rosa Filmes recebe Faz Diferença na categoria Desenvolvimento do Rio

A produtora carioca Dona Rosa Filmes recebeu, na noite desta quarta-feira (22), o Faz Diferença na categoria Desenvolvimento do Rio. A ousadia de montar uma tela de meio quilômetro de comprimento, o equivalente a cinco prédios de dezoito andares, lado a lado, e o som vindo da rádio comunitária, fez com que o "Projeta Rocinha", a maior exibição a céu aberto da América Latina, fosse merecedora na 19ª edição do prêmio na categoria.

Mariana Arruda, da Dona Rosa Filmes , disse estar emocionada com o prêmio pelo projeto na Rocinha:

- Queria agradecer à Firjan e ao GLOBO. As pessoas de suas casas, de suas lajes, puderam ver. Foi um projeto do cinema nacional, de afirmação da favela. Foi um projeto de integração do Dona Rosa com a Rocinha. A gente está num momento delicado de governo, de gestão do nosso país, que não valoriza nossa cultura como deveria ser valorizada. Essa oportunidade de valorizar o cinema nacional, que movimenta a economia, é muito importante. A Rocinha é um vulcão de criatividade. É um projeto ultra ousado que usou a maior tecnologia. Não daria para fazer em outro lugar que não fosse no Rio.

O evento aconteceu durante três dias, em março, com a exibição de um longa-metragem de entretenimento por dia (“Fala sério mãe!”, “Minha mãe é uma peça” e “Gonzaga, de pai para filho” — todos nacionais) e dois curtas-metragens produzidos na Rocinha e outras comunidades.

Criada em 2001 por Mariana e Marco Abujamra, a Dona Rosa Filmes é uma produtora cultural com base no Rio e foi responsável pela produção de mais de dez longas-metragens, entre documentários e ficções, além de programas para TV.

- Queria dividir uma coisa com vocês: como o projeto era na pedra, a gente não tinha noção se as pessoas estavam ou não assistindo. Houve um momento que a locutora da favela pediu para as pessoas piscarem as luzes. Foi a favela toda acendendo e apagando as luzes, pareciam vagalumes - disse Marco Abujamra, em seu discurso de agradecimento.

Os produtores da Dona Rosa Filmes receberam o prêmio das mãos de Frederic Kachar, diretor-geral de Mídia Impressa e Rádio do Grupo Globo, e de João Paulo Alcantara Gomes, diretor executivo da Firjan. O Prêmio Faz Diferença é uma iniciativa do GLOBO, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos