Por minutos, site do Departamento de Estado dos EUA aponta que mandato de Trump acabou

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O site do Departamento de Estado dos Estados Unidos publicou uma página que supostamente continha a biografia do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e de seu vice, Mike Pence, dizendo que o mandato da chapa havia terminado nesta segunda-feira (11) --na verdade, os republicanos ainda têm mais nove dias de governo. Poucos minutos depois, o link saiu do ar. A página não continha nenhum texto biográfico sobre os republicanos, apenas trazia o aviso do suposto fim de mandato antecipado. O site do Departamento de Estado reúne informações sobre ex-funcionários e não costuma abrigar as biografias de presidentes ou vices. Ex-líderes como Barack Obama, Bill Clinton ou George W. Bush não aparecem na lista. . Ainda não se sabe quem publicou a informação incorreta. Segundo diplomatas ouvidos pelo site BuzzFeed News, um funcionário insatisfeito com a atual gestão seria o responsável. Eles disseram que o site do departamento é um "sistema fechado" que é "quase impossível de hackear." O secretário de Estado, Mike Pompeo, vai pedir uma investigação para esclarecer o episódio, começando com estagiários e funcionários que deixam o departamento nesta semana e na próxima, antes da transição para o governo Biden, no dia 20 de janeiro. Isso acontece no mesmo dia em que a Câmara dos Deputados dos EUA deu início ao segundo processo de impeachment de Donald Trump por "incitação à violência", depois de ele ter estimulado uma multidão a sabotar um dos processos previstos na Constituição --a certificação dos resultados da eleição presidencial, feita pelo Congresso.