Por onde andam os campeões da Libertadores 2019

O título da Copa da Libertadores é um troféu sonhado por todos os torcedores e poucos são os atletas que podem falar que conquistaram. Em 2019, o elenco do Flamengo contava com 30 jogadores que receberam a medalha após a vitória hisótrica contra o River Plate, por 2 a 1, no Estádio Monumental de Lima, no Peru, aos 43 e 46 do segundo tempo (gols do Gabigol) levantando a taça depois de 38 anos. Alguns dos felizardos jogadores que estavam em campo, não fazem mais parte do clube Rubro-Negro carioca que vai disputar o tricampeonato neste sábado contra o Athletico-PR, em Guayaquil.

A três dias da finalíssima, os jogadores que faziam parte do elenco de Jorge Jesus, em 2019, podem conquistar a segunda medalha da Libertadores pelo Flamengo. Diego Alves, Rodinei, Rodrigo Caio, Everton Ribeiro, Gabriel Barbosa (mais conhecido como Gabigol), Diego Ribas, Arrascaeta, Filipe Luís e Bruno Henrique já estão no Equador para defender o "manto sagrado" vermelho e preto.

O uniforme Rubro-Negro não faz mais parte da carreira de alguns atletas que participaram da campanha vitoriosa em um ano de glória para o clube há três anos atrás, virada de chave que deixou na memória dos torcedores a conquista continental. Gerson, William Arão e Vitinho são três dos 21 jogadores que foram embora do Ninho do Urubu.

Willian Arão fez parte da equipe carioca por seis anos e meio, participou durante toda a campanha do bicampeonato como primeiro homem de meio campo, substituído apenas em duas partidas. Após saída,estreou em julho deste ano no Fenerbahçe Spor Kulübü clube de futebol turco de Istambul. Renê, que também fazia parte da equipe, está no Sport Club Internacional e participou do último jogo em que o Colorado ganhou do time carioca.

Vitinho se despediu da torcida em agosto deste ano com uma postagem no Instagram, um mês antes da grande final da Libertadores. O atacante está no Ettifaq Club, sedidado em Dammam, na Arábia Saudita. Já Hugo Moura está compondo o time do Atlhetico-PR que enfrenta o Flamengo no próximo sábado. Matheus Dantas reencontrou o técnico Jorge Jesus, em outubro, relembrando a passagem pelo Fla fez até uma postagem nas redes. O defensor estava sem clube desde janeiro deste ano, quando deixou o CF Estrela (POR). Agora tem contrato até junho de 2023 com a nova equipe Chipre que está na segunda divisão. O chará Matheus Thuler está defendendo a camisa do Vissel Kobe.

Gerson, autor da comemoração do Vapo Vapo, está no Olympique de Marseille. Flamenguista de coração continua acompanha as conquistas do time lá da França. O Reinier também ainda está em campo, agora pelo Girona FC clube de futebol sediado no catalão da cidade de Girona que disputa a segunda divisão Espanhola.

Pablo Marí, esfaqueado em um shopping na Itália nesta quinta-feira acalmou os fãs revelando que está bem. Durante a recuperação o jogador, que está internado, ficará um tempo afastado do Associazione Calcio Monza time de futebol italiano, da cidade de Monza na região de Lombardia. O clube é um dos recordistas em disputar a Série B, mas atualmente disputa a Série A. Orlando Berrío jogando pelo Rionegro Águilas, anteriormente chamado de Águilas Doradas e Itagüí, é um clube colombiano de futebol originalmente da cidade de Itagüí, no momento sediado em Rionegro.

Vitor Gabriel está emprestado ao Juventude. Rhodolfo disputando pelo Cruzeiro. Pepê no Cuiabá jogando junto com João Lucas que também fazia parte do clube Rubro-Negro. César no Boavista Futebol Clube. Vinicius Souza pelo Manchester City. Rafinha no São Paulo, e ao que tudo indica terá renovação para 2023 diferente de algumas especulações de que o jogador voltaria para o Flamengo. Lincoln está no Cruzeiro, Gabriel Batista no Clube Desportivo Santa Clara, Lucas Silva no Avaí e Piris da Motta está no Club Cerro Porteño.