Por que 14 escolas tiveram aulas suspensas após a morte de 3 PMs na BA

Escolas da Bahia estão sem aula (Reprodução / TV Globo)
Escolas da Bahia estão sem aula (Reprodução / TV Globo)
  • Mais de três mil alunos são afetados com a suspensão das aulas

  • Escolas ficam nas regiões onde policias militares foram assassinados

  • Homem que aguardava atendimento em um hospital também morreu

Quatorze escolas públicas tiveram as aulas suspensas em Salvador, na Bahia, desde o último sábado (7) por causa do assassinatos de três policiais militares que provocaram um clima de tensão na região.

A decisão da Secretaria Municipal de Educação atingiu as escolas que ficam nas regiões de Águas Claras, Cajazeiras e Fazenda Grande.

Um homem que aguardava atendimento em um hospital no bairro de Cajazeiras também foi morto dentro da unidade por homens armados. Dois suspeitos de envolvimento nas mortes do militares fugiram e outros dois foram baleados.

A secretaria informou que vai avaliar a situação da região para definir uma data para o retorno das atividade. Ao todo, mais de três mil alunos foram afetados pela suspensão das aulas.

Já na rede estadual, colégios da mesma área também tiveram aulas suspensas na segunda-feira (9), mas retornaram nesta terça-feira (10).

A Polícia Militar informou que o policiamento foi reforçado na região. O comércio funciona normalmente e os itinerários de ônibus não foram afetados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos