Por que esta cidade de praia na Itália vai multar em mais de R$ 2 mil quem andar de biquíni

Localizada na Costa Amalfitana, no litoral sudoeste da Itália, pertinho de Nápoles, Sorrento é uma daquelas cidades praianas de cartão-postal, com belas e pequenas praias e casas coloridas que sobem pelas encostas. Mas diferentemente da maioria dos balneários mediterrâneos, Sorrento agora quer multar em até 500 euros, ou R$ 2,7 mil, quem andar de biquíni pelas ruas da cidade.

Nada de banho nas fontes: saiba como visitar Roma sem voltar com uma multa pesada para casa

Vai a Veneza? Saiba como vai funcionar o sistema de reservas de visitação que começa em janeiro de 2023

Anitta na Itália: cinco destaques do roteiro que a cantora fez pelo litoral do país em 2020

A medida, que fique claro, não se restringe às banhistas. Circular de peito nu também está proibido, seja entre homens ou mulheres, conforme a nova norma de conduta determinada pelo prefeito da cidade, Massimo Coppola.

Segundo ele, o "comportamento indecoroso" de muitos turistas, ao circular em trajes de banho ou despidos da cintura para cima por ruas e praças da cidade, estava causando "desconforto" entre os moradores, e até mesmo alguns visitantes. A medida entrou em vigor no último dia 6, em pleno período de alta no turismo local, durante o verão no Hemisfério Norte.

A proibição, no entanto, não é tão radical. Biquíni e topless ainda são permitidos nas áreas próprias para banho de mar, como praias e beach clubs, e nas piscinas. Mas ao se afastar um pouco desses locais, é melhor colocar uma roupa para não levar uma multa.

Por mais inusitada que pareça, a decisão da prefeitura não é inédita no litoral italiano. Em 2013, as autoridades de Lipari, na maior das Ilhas Eólias, na Sicília, implementaram uma proibição similar, depois de um tumulto causado por moradores revoltados com pessoas caminhando com pouca roupa no centro da cidade. Em 2019 foi a vez de Tropea, um popular balneário na Calábria, banir o uso trajes de banho longe das praias. A cidade, aliás, proibiu até caminhar descalço fora da areia.

Mau comportamento: turista é expulsa de Veneza após posar de topless em frente a memorial de guerra

Em Veneza, que não é exatamente um destino de praia, mas uma das maiores atrações turísticas da Europa, moradores e visitantes também precisam se adequar a algumas normas de conduta. Usar roupas de banho ou andar sem camisa pela cidade é passível de multa, assim como comer e beber sentado no chão, tomar banho nas águas da lagoa, andar de bicicleta em determinadas áreas e até alimentar as aves.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos