Por que Flamengo e Corinthians ficaram em lados diferentes após última reunião sobre a liga

A última reunião entre membros da Libra e da Liga Forte Futebol (LFF) deixou em posições diferentes Flamengo e Corinthians. Presente no encontro, o mandatário do clube paulista, Duilio Monteiro Alves, foi mais flexível na negociação dos valores que seriam pagos aos clubes, cuja diferença hoje é de 3,5 vezes entre o que recebe mais e o que recebe menos. O Flamengo foi apontado como o clube que mais resiste a ceder nesse números.

Em primeira mão: entre no canal do Panorama Esportivo no Telegram

Os demais clubes da Libra se deram conta que a proposta ficaria muito distante entre times de cima e os de baixo, e há entendimento geral que ele pode se aproximar de 3,3 vezes, como querem os membros da LFF. Agora a Libra vai discutir os valores entre o grupo e levar de volta aos membros da LFF.

Este é o principal entrave para um acordo definitivo que una todos os 40 clubes das Séries A e B. No Flamengo, apesar da resistência, essa união é vista como questão de tempo e o projeto, segundo uma fonte informou ao blog, vai "decolar".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos