Por que você se sente pior à noite quando está gripado ou resfriado?

Durante uma crise de resfriado e gripe você provavelmente já se perguntou porque durante às noites a sensação de piora da doença é maior. As tosses e espirros são mais persistentes, a febre tende a aumentar, além do nariz entupido e garganta arranhada que parece piorar. Durante a tarde, em compensação, o sentimento é de que não há nada de errado com você e seu corpo.

Colesterol alto: conheça os alimentos mais perigosos para o problema

De urgência: jovem saudável descobre problema de coração que exige transplante

A gravidade dos sintomas é associada ao ritmo circadiano, mecanismo pelo qual o organismo se regula entre o dia e a noite e a partir dele, os processos fisiológicos recebem comandos para acordar, sentir fome, estar ativo, ficar com sono e assim por diante. Ele pode ser afetado pela quantidade de sono e luz que recebemos todos os dias. Também desempenha um papel crítico na regulação do coração e do sistema imunológico.

Durante o sono, o corpo usa o tempo de inatividade para fazer um grande número de reparações, por isso a importância de sonos tranquilos, calmos e longos. Isso também se aplica quando se está doente. O corpo inunda o sangue com glóbulos brancos chamados leucócitos, que resultam em uma resposta imune coordenada contra uma doença.

Isso geralmente pode ser observado em doenças crônicas nas quais os sintomas podem piorar à noite e melhorar durante o dia, provavelmente devido ao sistema imunológico combater infecções (ou ser hiperativo, no caso de distúrbios autoimunes).

Por este motivo durante a noite ou na hora de acordar, os sintomas parecem estar piores e mais agressivos, pois são resultados de um sistema imunológico ativo tentando conter a infecção. As células imunes recrutam outras células imunes para a área local (por exemplo, a garganta), causando uma onda de inflamação e morte celular.

Pomada modeladora: Anvisa proíbe venda e uso do produto que causou até cegueira temporária

As células infectadas por vírus são mortas, causando dor nos tecidos afetados, e o muco inunda o nariz para entrar na luta. Apesar de ser algo bom, o corpo está batalhando para vencer a guerra contra o vírus, o que para o corpo parece ser algo muito ruim.

Algumas outras razões para a piora da doença à noite tem relação com a gravidade. Ao deitar, o muco se acumula nos seios da face, causando pressão e dores de cabeça. Os desequilíbrios hormonais também são apontados como uma das causas, visto que podem ser causados pela falta de sono à noite e também podem estar ligados à função imunológica. Resultando em um ciclo vicioso de noites sem dormir, ou seja, sem a reparação, o que garante uma piora nos sintomas da gripe e resfriado.