Porsche apreendido na Vila Cruzeiro foi roubado há dois meses e aparece em clipe de rap; veja vídeo

Um dos 12 carros apreendidos durante a operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar que deixou pelo menos 25 mortos na Vila Cruzeiro, Zona Norte do Rio, aparece em um clipe musical do rapper Oruam e de Victor Hugo Nascimento, o MC Cabelinho. O Porsche Cayenne branco motor V6 de 300cv é usado pelos cantores na divulgação do funk “Filho do Dono” e foi reconhecido na 22ª DP (Penha), para onde foi levado pelos policiais, pela vítima de um roubo ocorrido em Inhaúma, na mesma região, na noite de 12 de março desse ano. Os artistas serão investigados pela distrital pelo suposto crime de receptação.

Nas imagens do clipe, que tem como palco principal da gravação os Arcos da Lapa e utiliza cenários de comunidades da cidade, o Porsche Cayenne é dirigido por Cabelinho e leva Oruam no banco do carona. Na música, há referências ao veículo no trecho “De carro bicho eu fiz ela endoidar e hoje onde eu passo todas quer me dar”. No Youtube, o vídeo acumula mais de 12 mil visualizações apenas no último mês.

Na letra, os funkeiros fazem menção ao alto da Penha, a “boca”, ao “plantão”, a “ouro maciço no meu pescoço” e dizem: “Dia de tragédia com cheiro de morte. O estado é genocida com o morador”. Em seus perfis nas redes sociais, Cabelinho tem 4,1 milhão e Oruam, 843 mil seguidores. A composição “Filho do Dono” foi escrita pelo segundo, filho de Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, um dos chefes da maior facção criminosa do Rio e que está preso em cadeia de segurança máxima federal.

O mesmo Porsche Cayenne ano 2012, avaliado em R$ 150 mil, também aparece em postagens feitas pelo traficante Ygor Freitas de Andrade, conhecido como Matuê, que integra a mesma facção no Rio. No Twitter, ele publicou a foto do carro, exibindo uma blusa com seu apelido no painel, com o texto “Troquei um corsa num Porsche”.

Nesta manhã, o proprietário do Porsche, esteve na 22ª DP para recuperar o carro. Um vídeo mostra o momento do roubo do veículo, investigado pela 44ª DP (Inhaúma). Nas imagens, gravadas por um morador, é possível ver a vítima sendo rendida e deixada a pé na rua, após os bandidos arrancarem com o veículo.

Procurado pelo Extra, o delegado Maurício Mendonça, titular da 22ª DP, informou que abriu um inquérito para investigar o rapper Oruam e MC Cabelinho por receptação - por terem adquirido ou recebido, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime. Eles serão intimados, assim como os produtores da gravação, a prestar depoimento sobre o caso na delegacia.

— Como a vítima do roubo reconheceu o carro apreendido durante a operação na Vila Cruzeiro como sendo o que aparece no videoclipe, nossa apuração agora está focada em esclarecer em quais circunstâncias esse veículo foi parar nas mãos dos cantores. É importante destacar que existem peculiaridades que distinguem o modelo dos demais da mesma categoria — explicou o delegado Maurício Mendonça.

O Extra também tentou contato com os artistas, mas ainda não teve retorno.

Durante a operação na Vila Cruzeiro, foram apreendidos ainda um Porsche modelo Macan, recém-retirado da concessionária, além de 16 motos. Na ação, também foram apreendidos 11 fuzis, quatro pistolas e uma granada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos