Porta dos Fundos: Suspeito do ataque é expulso da 'Frente Integralista Brasileira'

Felipe Grinberg

RIO — Suspeito de ser um dos autores do ataque a produtora de vídeos Porta dos Fundos, no Humaitá, na Zona Sul do Rio, o economista e empresário Eduardo Fauzi Richard Cerquise, de 41 anos, foi expulso da 'Frente Integralista Brasileira'. O movimento publicou uma nota nas redes sociais afirmando que a decisão é irrevogável.

No texto, a FIB também pede para os membros que "tiverem informações que possam ajudar na elucidação do caso que cooperem com as autoridades policiais".

"O lamentável episódio nos faz refletir a respeito da importância de um zelo maior e melhor formação dentre aqueles que entram no Movimento", diz trecho do comunicado.

Eduardo Fauzi Richard Cerquise é presidente da Associação dos Guardadores de Carro São Miguel. Ele ficou conhecido em 2013 quando agrediu o então secretário de Ordem Pública Alex Costa.

Ele também é investigado por envolvimento com milícia que atua no Centro do Rio. Segundo denúncias encaminhadas a Polícia Civil, Fauzi exercia ilegalmente a atividade econômica num estacionamento no Centro do Rio, que não teria alvará da prefeitura para funcionamento.