Porta-voz de premiê britânico evita comentar sobre festa durante lockdown

·1 min de leitura
Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, em Londres

LONDRES (Reuters) - O porta-voz do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, se recusou nesta terça-feira a comentar informações sobre uma festa na qual os convidados deveriam levar suas próprias bebidas no jardim da residência oficial de Downing Street, durante o primeiro lockdown contra o coronavírus em maio de 2020.

O porta-voz disse que há um inquérito em andamento sobre reuniões em Downing Street que precisa ser concluído primeiro.

"É simplesmente um caso que não queremos ver um trabalho em andamento sendo pré-julgado", afirmou o porta-voz. "Dadas as afirmações e especulações que foram reportadas, o que é certo é que o inquérito independente pode continuar sendo conduzido."

O porta-voz disse que Johnson tinha total confiança no secretário privado principal Martin Reynolds, que segundo a ITV teria enviado um convite para a festa por e-mail dizendo "traga sua própria bebida!".

Se a investigação interna do governo --que cobre uma série de reuniões sociais que quebraram as regras de lockdown-- estabelecer algum delito, então os envolvidos devem ser punidos", afirmou o porta-voz.

(Reportagem de Kylie MacLellan)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos