Portugal em alerta vermelho

O grande incêndio que lavra há alguns dias nos distritos de Santarém e Leiria, no centro de Portugal, devorou já várias habitações e centenas de pessoas tiveram de ser retiradas das suas casas. 16 distritos em alerta vermelho para o calor e risco de incêndio em Portugal.

Cerca de 300 pessoas já foram retiradas da freguesia de Freixianda, no concelho de Ourém, devido ao incêndio que começou na quinta-feira neste município do distrito de Santarém, informou esta terça-feira a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Já no distrito vizinho de Leiria, no concelho de Alvaiázere, o presidente da Câmara Municipal, João Guerreiro, afirmou que várias casas arderam e que diversas localidades tiveram de ser evacuadas

O país está a ser atravessado por uma onda de calor invulgar, mesmo para a época.

De acordo com os meteorologistas, uma massa de ar sobreaquecida e ventos quentes africanos estão elevar as temperaturas na Península Ibérica para além dos máximos habituais.

Condições climatéricas que complicam a atividade dos bombeiros e que devem prolongar-se até ao fim de semana.

No sábado, o Governo de português declarou o estado de contingência até sexta-feira. Atividades agrícolas ou eventos ao ar livre junto a áreas florestais deverão ser canceladas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos