Portugal está perto de ficar sem leitos de UTI para pacientes com Covid

·1 minuto de leitura

LISBOA (Reuters) - Portugal informou no sábado que tinha apenas sete leitos vagos em unidades de terapia intensiva (UTIs) instaladas para casos de Covid-19 em seu território continental, conforme um surto de infecções levou as autoridades a enviar alguns pacientes em estado grave para as ilhas portuguesas.

Dados do Ministério da Saúde mostraram que, dos 850 leitos de UTI alocados para casos de Covid-19, um recorde de 843 leitos já estavam ocupados. O país de 10 milhões de pessoas tem 420 leitos de UTI adicionais para pacientes com outras doenças.

O ministério disse que o número de infecções diárias foi de 12.435, caindo em relação ao recorde de quinta-feira, enquanto houve 293 mortes.

Portugal, que até agora registrou um total de 12.179 mortes e 711.018 casos de Covid-19, tem a maior média de sete dias de casos e mortes per capita do mundo, de acordo com o rastreador www.ourworldindata.org.

(Por Sergio Gonçalves e Catarina Demony)