Portugal inicia vacinação sazonal contra Covid-19 e gripe

Arrancou esta quarta-feira em Portugal a campanha de vacinação sazonal contra a Covid-19 e a gripe.

A prioridade é dada, para já, aos idosos, pessoas com comorbilidades, grávidas maiores de idade e profissionais de saúde e do setor da prestação de cuidados.

O coordenador do plano de vacinação conta com a adesão da população e espera que a primeira fase do processo esteja concluída no prazo de 100 dias.

As pessoas perceberam que a vacina é o único modo que nós temos de conseguir conviver com este vírus e fazer a nossa vida normal.

As pessoas que vamos vacinar nos próximos três meses são pessoas que podem ter uma doença grave se forem infetadas, podem ter de ser hospitalizadas e podem ter um desfecho fatal da sua infeção.

Na campanha, são usadas as novas vacinas adaptadas tanto à estirpe original como às variantes do coronavírus atualmente em circulação e, para a gripe trata-se de uma dose "quatro vezes superior à fórmula padrão" que, de acordo com a Direção Geral de Saúde, lhe dá uma "eficácia superior".

Ter as duas vacinas, a da gripe e a da Covid, ao mesmo tempo [...] é uma ótima ideia.

Não só alivia as pessoas de terem que voltar ao centro de saúde para tomar a vacina que lhes falta, como não traz riscos acrescidos para o mesmo.

As autoridades sanitárias esperam vacinar, até ao meio de dezembro, cerca de três milhões de pessoas.

O processo arrancou numa dezena de pontos de vacinação de norte a sul de Portugal continental, mas será rapidamente alargado a perto de 400 locais distribuídos por todo o território.