Portugal prolonga suspensão de voos com Brasil e Reino Unido

·1 minuto de leitura
Aeronave da companhia aérea portuguesa TAP se prepara para taxear no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, 9 de dezembro de 2020

O governo português anunciou neste sábado (13) que prolongará a suspensão de voos com Brasil e Reino Unido até 1o de março para tentar controlar a propagação de casos de covid-19 e das novas variantes do vírus.

"Todos os voos permanecem suspensos com Brasil e Reino Unido", afirmou o Ministério do Interior em um comunciado.

Portugal suspendeu seus voos com o Brasil e Reino Unido no final de janeiro devido aos temores sobre as variantes do coronavírus detectadas nesses dois países, consideradas mais contagiosas.

No que se refere aos voos procedentes da União Europeia e do espaço Schengen, Portugal também manteve até 1o de março suas três categorias de medidas em função do número de casos de coronavírus por cada 100.000 habitantes.

Os passageiros dos países menos afetados não estão sujeitos a nenhuma restrição. Os países intermediários devem apresentar um teste negativo de covid-19, realizado menos de 72 horas antes do embarque.

Por último, os viajantes dos países com o maior número de casos não só devem apresentar um teste negativo no embarque, como também respeitar uma quarentena de 14 dias em sua chegada ao território português.

Na sexta-feira, o governo prorrogou até 1o de março os controles e a limitação da circulação nas fronteiras com a Espanha.

Portugal, o país mais afetado pela pandemia de covid-19 em janeiro, em comparação com sua população de 10 milhões de habitantes, está submetido desde 15 de janeiro a um segundo confinamento geral.

bcr/at/mab/eg/aa