Portugal quer acelerar campanha de reforço da vacina anticovid

·1 min de leitura
Homem recebe dose da vacina anticovid em um centro de vacinação em Lisboa em 2 de julho de 2021 (AFP/PATRICIA DE MELO MOREIRA)

Portugal planeja vacinar um quarto de sua população com uma dose de reforço da vacina contra a covid-19 até janeiro para fazer frente ao novo aumento das infecções, anunciaram nesta quarta-feira (24) as autoridades de Saúde.

O país de 10 milhões de habitantes vai acelerar sua campanha de vacinação "para chegar a 2,5 milhões de vacinados em janeiro com a terceira dose", disse Antonio Lacerda Sales, vice-secretário de Estado da Saúde.

Nos próximos dois meses, o país ibérico quer vacinar as pessoas com mais de 65 anos e as maiores de 50 que receberam uma única dose da Janssen. Cerca de 800 mil portugueses já receberam a terceira dose.

Portugal, um dos países mais vacinados do mundo, registou um novo pico de 3.773 casos em 24 horas, um recorde em quatro meses, segundo o último balanço das autoridades sanitárias.

lf/bcr/clr/es/mb/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos