Possível recessão global pode derrubar preço do petróleo

Analistas apontam que o preço da commodity deve cair (Getty Image)
Analistas apontam que o preço da commodity deve cair (Getty Image)
  • Cenário econômico pode fazer o preço do produto baixar

  • A sociedade ainda é muito dependente da commodity

  • Essa tendência deve acontecer no curto e longo prazo

Na forma como a sociedade se organiza atualmente, existe uma grande dependência do petróleo. É por essa razão que a guerra na Ucrânia e risco de recessão global preocupam o mercado. Esses fatores contribuem diretamente para a composição do preço do insumo.

Em entrevista à Forbes, Pedro Rodrigues, diretor e sócio do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), explicou que no cenário em que existe uma diminuição do consumo da commodity acontece um excesso de oferta, o que reflete na queda do preço.

O especialista apontou que o risco de recessão faz com que a curva futura do preço do petróleo caia e se mantenha em um nível de estabilização. Essa tendência deve acontecer no curto e longo prazo.

No relatório publicado pelo Citi, o estrategista Francesco Martoccia apontou uma considerável correção dos preços da commodity em um cenário de possível recessão nos Estados Unidos. “As recessões provocam uma queda na demanda de commodities, gerando excedentes. Esses excedentes geram um recuo dos preços até que a oferta seja reduzida, ficando abaixo dos custos de produção para restaurar o equilíbrio”, defendeu.

A análise diz ainda que "durante as recessões, os custos de produção tendem a cair, na medida em que os preços de energia são um importante fator de custo para outras commodities, criando um processo de queda pró-cíclico para os preços”.

De acordo com o analista, os preços do barril de petróleo podem ir além, chegando a US$ 65 até o fim deste ano e US$ 45 no fim do ano que vem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos