Postagem de Tribunal de Justiça de MS exalta monarquia no dia da independência do Brasil

·1 minuto de leitura
Publicação foi feita nas redes sociais do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução)
Publicação foi feita nas redes sociais do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução)
  • Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul fez publicação exaltando a monarquia no Brasil no dia da independência

  • TJMS já havia hasteado uma bandeira do Brasil império ao longo da terça-feira

  • Bandeira teve de ser retirada após determinação do presidente do STF, Luiz Fux

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul fez uma publicação exaltando o período da monarquia no Brasil no dia da independência no país. O post faz elogios a Dom Pedro I.

“Há 199 anos o Brasil declarava sua independência de Portugal para se tornar uma monarquia constitucional, tendo como Imperador D. Pedro I”, escreveu o Tribunal de Justiça. O presidente do TJMS, Carlos Eduardo Contar, se autodeclara admirador da monarquia.

Leia também

“Começou, então, o mais longo e promissor período de estabilidade e progresso durante a forma monárquica de governo”, diz a imagem. A publicação gerou muitas críticas.

A publicação não havia sido o primeiro ato em prol da monarquia feita pelo TJMS no mesmo dia. O presidente do Supremo Tribunal Federal determinou que fosse retirada uma bandeira do Brasil império, hasteada na sede do Tribunal de Justiça, em Campo Grande.

Segundo o STF, a bandeira não faz parte dos símbolos oficiais do Poder Judiciário. “A manutenção da situação relatada tende a causar confusão na população acerca do papel constitucional e institucional do Poder Judiciário, na medida em que o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul pretende diminuir os símbolos da República Federativa do Brasil”, alegou Fux.

Nesta tarde, Luiz Fux deve abrir a sessão do Supremo Tribunal Federal com uma fala contra os discursos feitos por Jair Bolsonaro (sem partido) feitos nos atos de 7 de setembro

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos