Powell promete impedir que inflação se torne "arraigada"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Chair do Fed, Jerome Powell
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Jerome Powell
    American banker

WASHINGTON (Reuters) - O chair do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), Jerome Powell, prometeu nesta terça-feira combater a inflação em declaração a parlamentares norte-americanos durante audiência de confirmação de renomeação perante o Comitê Bancário do Senado dos EUA.

Na abertura da audiência, Powell disse que a rápida recuperação da economia da pandemia de coronavírus está "dando origem a desequilíbrios e gargalos persistentes de oferta e demanda e, portanto, à inflação elevada".

"Sabemos que a inflação alta cobra um preço", acrescentou, prometendo usar todo o conjunto de ferramentas de política monetária do banco central para "impedir que a inflação mais alta fique arraigada".

A audiência é um primeiro passo na esperada ratificação de Powell para um novo mandato de quatro anos como chair do Fed pelo Plenário do Senado. Lael Brainard, atualmente diretora do Fed, será questionada pelo mesmo painel na quinta-feira para promoção a um mandato de quatro anos como vice-chair do Fed.

As posições exigem a aprovação da maioria do Senado, que é estritamente controlado pelos democratas do presidente norte-americano, Joe Biden.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos